Me chamo Helena Wergles, sou brasileira e intérprete de conferências e tradutora nos idiomas inglês e português. Sou diretora da empresa HCWR Traduções.

Minha principal atividade profissional é a tradução simultânea em eventos, e, para me qualificar para esta profissão, tenho um curso livre e uma pós-graduação na área, totalizando mais de 500 horas de treinamento formal.

A fim de me tornar fluente em inglês, venho me dedicando ao aprendizado deste idioma há mais de 20 anos: para tal, além de um curso de inglês no Brasil, fiz diversas viagens ao exterior para estudo de idiomas e mantenho contato com a língua através de materiais audiovisuais, livros e contato pessoal com falantes nativos de inglês.

Trabalho exclusivamente com tradução desde 2010, totalizando mais de 700 dias de trabalho como intérprete freelancer nestes anos em atividade, somados aos muitos outros dias de trabalho com tradução escrita e legendagem. Durante este tempo, acumulei experiência terminológica nos campos mais diversos, tais como petróleo e gás, medicina, área industrial e fabril, farmacêutica, esportes, religião, treinamento e educação, recursos humanos, entretenimento, mídia, segurança e TI, dentre muitos outros campos do saber.

Qual é meu diferencial? Bem, é que eu me importo com as pessoas e com as coisas. Eu sei que isso não deveria ser diferencial, mas é. Eu me importo com a pessoa que você é para além do seu cargo. Me importo com seus objetivos. Me importo com o evento que você está se esforçando para montar. Quero saber como você está hoje. Quero melhorar seu dia com um toque de bom humor nos e-mails. Me importo também com trabalhar, claro, mas trabalhar é parte da vida. Não é só pelo dinheiro que faço o que faço, apesar de a compensação financeira ser uma justa e apreciada contraparte disto que chamo de “parte da vida”. Para mim, o que vale mais que o dinheiro são as experiências e as memórias. O dinheiro vai, elas ficam. E é com muito orgulho que compartilho um segredo: vira e mexe, do nada, as memórias me levam de volta a momentos aleatórios da profissão, do início até hoje e, às vezes com uma lágrima ou duas de alegria e gratidão, vejo como vivi tanta coisa preciosa. Através das redes sociais, o trabalho me trouxe amigos para a vida toda. Para mim, ISSO é sucesso!