Back to blogging about simultaneous translation

Voltei! Conversemos sobre tradução

O site original helenaw.com.br foi lançado há cerca de 7 anos e tinha uma sessão de blog. Eu fiz, tipo, 10 posts. #fail ou #megafail? Mas, na verdade, eu mal sabia sobre o poder de um blog. Nem desconfiava!

Eis que fortes ventos online me rasgaram as velas da navegação virtual

Foi uma cascata de caos: em 2018 perdi acesso ao site e ao servidor. A webdesigner original virou tatuadora: criou ranço de tudo que tivesse a ver com programar e foi viver de arte – e, por sinal, ela arrasa. Amo quem tem a coragem de mudar de carreira: quanta coragem!

Em 2019, comecei a descobrir como blogs fazem toda a diferença, mas nem acesso ao servidor onde meu site estava hospedado eu tinha! Tentei contato com webdesigners de todo tipo, mas não achei muita gente disposta a me tirar do buraco negro da falta de informações, não. Eu era APAIXONADA pelo meu site antigo. Mas eis que meu barco afundara.

Quando parecia não haver esperança, minha webdesigner original me indicou para Ednilson Maia, programador/designer/etc que me salvou do ostracismo online e da hospedagem ruim, de um template obsoleto de WordPress, spamming fora de controle e até… hackers russos!

Meses depois, chegou o grande dia! O novo site e o novo blog estão oficialmente lançados. A sensação é a de que tenho um mundo de ideias a compartilhar!

Mas há uma curva de aprendizado: um novo editor dentro do WordPress, novo design do WP em si… e parabéns a todas as blogueiras e blogueiros e blogueires aí mundo afora vivendo disso, viu? É dureza. Assim, peço-lhes um pouco de paciência e, logo logo, os posts virão. Nem todos terão versão em inglês, mas virão.

Vamos falar sobre tradução simultânea?

Vamos. É 2021, e 2020 foi ponto de virada no setor. Os eventos passaram a ser remotos. Foi um divisor de águas na carreira de qualquer intérprete, acredite!

Estou doida pra escrever sobre interpretação remota, tradução simultânea via Zoom, trabalhar de um hub (estúdio) de interpretação, tradução com foco em SEO, tradução com foco em Marketing e até mesmo incursões no universo do copywriting e UX writing.

Ok, ok, eu sei que estou mais animada com tudo isso que qualquer pessoa lendo até aqui. É coisa pessoal, mas entendam: tive russos hackers redirecionando meu site para, bem, conteúdos para maiores de 18 anos! Assim, para mim, é uma GRANDE vitória!

Bora blogar!

**Este post não tem meta nem foco em SEO. Estou apenas celebrando. Foi dureza chegar até aqui, a este bloco no editor do WordPress onde escrevo estas palavras. É um momento de “viva!” = sem demandas!

HW-sitelogo-06

Tradução simultânea: reunião

Fazer uma tradução simultânea em uma reunião que fazia parte de uma sequência de reuniões, cujo andar das negociações eu desconhecia. É um desafio porque todos os envolvidos sabem de cor e salteado tudo o que já foi acordado e o que ainda falta resolver… todos, menos o intérprete, que é quem está promovendo o entendimento entre ambas as partes. É como cair de paraquedas em um processo já em andamento – ou já quase concluído, como parecia ser o caso. Em momentos assim, é preciso que o intérprete fique muito antenado ao contexto, para que o estranhamento com o conteúdo dure o mínimo de tempo possível. E foi o que aconteceu: fiquei um tanto “perdida” durante cerca de meia hora, mas, de repente, me senti como se tivesse feito a tradução simultânea de todas as reuniões da sequência, de tão confortável que a situação ficou. Ajudou muito também o fato de a colega com quem estava trabalhando ter estado presente em grande parte das reuniões antecedentes, o que foi de grande ajuda em certos momentos – inclusive o da preparação para o evento, pois ela gentilmente me ofereceu um glossário para estudo. A tradução simultânea bem-sucedida exige esse trabalho de equipe para que o sucesso seja garantido, e um bom entrosamento entre os profissionais que vão fazer a interpretação é de valor inestimável.


HW-sitelogo-06